Servidor da Ciretran é morto a tiros

O ex-assessor de Geraldo Simões e funcionário da 5ª Ciretran Pablo Barreto foi assassinado com vários tiros nesta segunda-feira, próximo ao Centro de Cultura Adonias Filho, no Jardim do Ó. Pablo circulava em uma moto vermelha e, ao contornar a praça, foi abordado por dois marginais em outra moto.

O carona sacou um revólver e deu vários tiros no rosto de Pablo, que caiu e morreu junto ao meio-fio, enquanto a dupla de assassinos fugia. O homicídio ocorreu às 13h30, num horário de muito movimento no local, mas nenhuma testemunha soube descrever a moto ou os bandidos, segundo o Jornal das Sete, da rádio Morena FM.

Militante petista, Pablo era formado em Direito na Unime, chefe de habilitação da Ciretran em Itabuna e fez campanha para Simoes nas eleições do ano passado. Pablo tinha uma empresa de apostas, mas a polícia ainda vai investigar se a atividade tem relação com o crime. Não houve tentativa de roubo.

18:31  |  


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.