a regiao
booked.net
malha fina

13.Agosto.2022

Fogueira apagada a jato

A turma que tentou queimar Almir Junior na Prefeitura de Itabuna parece ter desistido, depois que Augusto encheu o secretário de elogios e começou a sequência de entrega de novas praças, todas muito bonitas e bem equipadas. Lembrando Zagalo, "vão ter que engolir" Almirzinho.

Atlântico na mira da Câmara

Demorou, mas as queixas da população chegaram na Câmara de Itabuna, que nesta semana sentou a ripa na Atlântico pelo serviço ruim no transporte. Lembraram dos ônibus quebrando no meio da rua e até dos ítens do contrato não cumpridos, como ar-condicionado e wi-fi.

Em Ilhéus, a sucata domina

Não é muito diferente de Ilhéus, onde as sucatas da São Miguel e da Viametro têm o mau costume de perder as portas no trajeto. Mais de dez já caíram no meio da rua, assustando os passageiros. Subir ladeira é outro sofrimento para os ônibus cansados de guerra.

Desconstruindo a mentira

delegacia Foi uma bomba o relato do diretor do Sindipoc, Mário Filho, no programa Mesa Pra 2 da última quarta, na Morena FM. Ele escancarou a realidade da Polícia Civil, que não tem nenhuma semelhança com a propaganda cor de rosa feita pelo governador Rui Costa.


Ao invés de arma, vassoura

Entre outras mazelas, metade dos municípios não têm sequer um delegado, não existe pessoal de limpeza, nem internet decente. Os policiais tem que deixar de investigar para varrer chão e limpar banheiro. A maioria não tem viatura ou ela está parada por falta de gasolina.

Tecnologia da Idade Média

As salas onde os agentes trabalham estão cheias de mofo, os computadores são movidos a lenha e a internet a vapor. Os policiais não têm aumento há 8 anos, perdendo 54% do valor de compra dos salários e Rui Costa se recusa a conversar com a categoria desde que assumiu.

Maquiagem de camelô

As reformas "completas" alardeadas pelo governador são um engodo. A do complexo policial de Itabuna, por exemplo, não inclui a instalação elétrica, que tem mais de 40 anos, nem outra coisa a não ser reboco. O mofo não é tirado, só escondido embaixo de uma mão de tinta.

Mais 'negócio' fazer nova

Ao invés de olhar para o interior, Rui gastou R$ 280 milhões (supostamente) construindo uma única unidade para a Deam em Salvador. Esse dinheiro seria suficiente para resolver os problemas de todas as delegacias do interior. Mas construção paga comissão, manutenção não...

Homenagem aos pais (quase)

Aproveitando a data, lembramos de João Roma, pai do Auxílio Brasil; ACM Neto, pai de Salvador; Fulano de Tal, pai da pior educação do Brasil. Ruim Costa, pai da correria sem rumo; Luiz Inácio, pai da corrupção; Gelado, pai das pedinhas; Oduque, pai da economia segura.

Xerife sem cavalo

Todo mundo pensou que, tendo um delegado na frente, desta vez a Prefeitura de Itabuna ia conseguir tirar os camelôs da Cinquentenário. Primeiro deram prazo até 20 de julho. Depois adiaram para 31 de julho por causa do ItaPedro. Aí devem ter perdido o calendário...

Fazer mais disso aí?

Ele pagou metade dos professores do estado abaixo do piso legal. Deu à Bahia os piores índices de Educação do país e a maior taxa de analfabetismo. Deixou os alunos sem uma aula sequer durante a pandemia. Fechou escolas. E agora quer ser governador para "fazer mais".

Escolinha do Professor Jair

Bolsonaro deu a melhor definição para a notícia de que Lula e Alckmin assinaram uma carta em defesa da democracia. "É como Marcola e Beira-bar se unindo para combater o narcotráfico no Brasil", disse durante sua entrevista no canal Flow que bateu recorde com 13 milhões de visualizações.

"Democracia" = comunismo

joao carlos O mesmo grupinho de esquerda de sempre (24 pessoas) ocupou um pequeno pedaço da Praça Camacan para ler a "carta pela democracia", assinada por gente que quer implantar o socialismo, controlar a midia e a internet, e nunca aceitou opiniões contrárias. Muito democráticos...


Faltando no serviço

Chamou a atenção que, para reforçar, trouxeram até o secretário de Agricultura do estado, João Carlos Oliveira. Que, por sinal, faltou ao trabalho em dia de semana para participar de ato político, mas não será descontado. Lembra quem paga o salário? Voce.

Bomba para o sucessor

Sabendo que o PT será varrido da Bahia, o tiranete Ruim Costa prepara uma bomba para Neto ou Roma. Está gastando muito mais que o orçamento e vai deixar tudo para ser pago pelo próximo governador como Despesas de Exercício Anterior. Quem tem a receber, pode chorar.

Estourando o orçamento

Um exemplo foi o gasto nas festas juninas, três vezes maior que o orçamento da Bahiatursa. Outro são os convênios e obras da Conder. O orçamento dela para 2022 é de R$ 263 milhões. Ruim já comprometeu R$1,4 bilhão, mesmo depois de cancelar 300 convênios.

A "regulação" da Câmara

Segundo uma fonte na Prefeitura, os vereadores de Itabuna criaram uma "central de regulação" para chamar de sua. Todo dia assessores levam a pasta com pedidos de exames e consultas, que passam na frente dos outros. Tem até funcionária só para atender os "nobres edis".

Furando a fila do SUS

Uma planilha obtida pela fonte na Prefeitura de Itabuna mostra a interferência dos vereadores na marcação de consultas e exames, que acaba contornando a fila e passando na frente quem é indicado por eles. Foram 739 exames e 485 consultas entre 19 de abril e 5 de agosto.

Os reis da regulação pirata

Os que mais conseguiram furar a fila foram Sivaldo Reis, com 66 exames e 41 consultas; Francisco com 64 e 23, Manoel Porfírio com 60 e 42, o ex-verador Babá Cearense com 54 e 29, Junior da Saúde com 53 e 16, e o vice-prefeito Guinho com 39 e 35. Todos usaram o privilégio, exceto Pancadinha.

Avalizado pelos adversários

O debate na Band mostrou que vai ser difícil impedir um crescimento de João Roma. Nem Fulando de Tal nem Kleber Rosa encontraram qualquer coisa para criticar na atuação de Roma como ministro da Cidadania, o que acaba sendo "um aval" ao seu trabalho.

Professor com nota zero

Já os petistas e aliados começam a arrancar os cabelos com a péssima desenvoltura de Fulano de Tal no debate. Um desastre. Foi tão mal que era melhor não ter aparecido e ser chamado de fujão, como ACM Neto. O desgaste seria igual. A diferença é que Neto tem votos...

Fujão pode perder votos

Por falar em ACM Neto, a decisão de não ir ao debate, mesmo ele tendo baixa audiência, foi um erro de quem não pensa estrategicamente. Chamado de fujão pelos adversários, ele ouviu a mesma coisa de seus próprios eleitores nas redes sociais, com ironias e críticas.

Elogiaram, elogiaram... e agora?

Ficou ridículo para o PT. Na tentativa de atrair Zé Ronaldo depois que ele ficou fora da chapa de Neto, Fulano de Tal e vários deputados petistas encheram ele de elogios. Ruim chegou a ligar convidando. No fim, Zé ficou onde estava e Ruim se desgastou com os deputados.

Revolta no parquinho

Eles dizem que, em 8 anos, não receberam uma ligação do governador. "Mas para o inimigo ele liga", disse um. Não é a toa que boa parte dos deputados e prefeitos dos partidos da base estão se bandeando para Neto ou Roma. Até Otto está preocupado. Só do PSD são 16 prefeitos... até agora.

Vai dar tapinha na mão?

Fulano de Tal é um humorista. Ele agora garante "atuação rigorosa" contra o crime organizado na Bahia, depois de 16 anos em que seu PT mandou no estado e o crime só cresceu. Será que vai manter o secretário que defende os amigos maconheiros e seus traficantes?

Caloteiro pedindo empréstimo

O sujeito não se ajuda. Agora Fulano de Tal diz que seu governo "vai colocar o pobre no orçamento". Se vai colocar é porque até hoje não esteve e foi ignorado por seu partido durante os 16 anos no poder. Mas fique tranquilo que "agora vai". O PT promete fazer o que não fez em 16 anos.

Muito esforço foi feito para produzir estas malhas. Se gostou, faça uma doação para que a gente possa continuar publicando. Qualquer valor é bem vindo.

     


morena fm