Bahia bate recorde de intenados por Covid

Pelo quarto dia consecutivo, a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) registra o maior número de pacientes internados em UTIs Covid-19 desde o início da pandemia. São 912 pacientes adultos e pediátricos, em estado grave, ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia.

Em virtude da elevação na taxa de ocupação de leitos de UTI, o governador Rui Costa determinou a ampliação do horário do toque de recolher para 20h às 5h. Porém, não revogou a liberação de eventos "para até 200 pessoas", que provoca confusão, é quase impossível de ser feiscalizada e abre brechas.

A Bahia continua com média de mortes diárias acima de 60, o dobro de janeiro. Nesta segunda-feira, foram 63 óbitos, levando o total para 11.254. Isso equivale a toda a população de Lençois ou Aurelino Leal e é mais que a de cidades como Arataca, Jitaúna, Floresta Azul ou Itapitanga.

Nas últimas 24 horas foram registrados mais 2.146 casos de Covid-19 (+0,3%) e 2.233 curas (+0,4%). Dos 655.481 casos confirmados desde o início da pandemia, 16.553 estão ativos. A situação pode melhorar com o avanço da vacinação e a descoberta de um novo procedimento.

Depois de observar uma sobra nos frascos das vacinas contra a Covid-19, se descobriu que é possível aplicar 11 ou 12 doses com apenas um vidro, como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota técnica autorizando o uso deste volume excedente, desde que seja possível aplicar a dose completa de 0,5ml.

415.778 pessoas foram vacinadas no estado, das quais 58.322 já receberam também a segunda dose. As cidades que mais vacinaram foram Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista. Ilhéus, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Camaçari, Porto Seguro, Alagoinhas e Barreiras.

18:27  |  


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.