Acusado de matar cigano foi preso

Lucas Gama da Silva, que estava foragido e é acusado de participação no sequestro e assassinato do cigano Iranildo Gama Queiroz, em Ilhéus, foi preso em Salvador por investigadores da 7ª Coordenadoria da Polícia Civil.

A prisão se deu em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Vara da Infância e Juventude de Ilhéus. O cigano foi sequestrado no dia 8 de agosto, no Iguape, zona norte de Ilhéus. Os bandidos chegaram a exigir R$ 5 milhões.

Porém, durante as negociações, aceitaram R$ 500 mil para libertá-lo, de acordo com a polícia. Os sequestradores até chegaram a receber uma parte do dinheiro, mas não cumpriram o combinado com a família da vítima.

Ao ser presos, integrantes da quadrilha confessaram que Iranildo Queiroz está morto. Pelo menos 10 pessoas são suspeitas de fazer parte do bando. Uma delas é Lucas Gama, que na época dos fatos tinha 17 anos 11 meses.

Segundo a polícia, ao tornar-se maior de idade, envolveu-se numa tentativa de latrocínio em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador e acabou preso.

Hoje está no Complexo Penitenciário da Mata Escura, na capital, já que também responde a uma ação penal pela tentativa de latrocínio. O acusado deve ser recambiado para Ilhéus, onde aguardará decisão judicial.

22:46   |