Ilhéus festeja 110 anos de Jorge Amado

No dia 10, o escritor Jorge Amado completaria 110 anos. Para comemorar a data, a Secretaria Especial de Cultura de Ilhéus promove uma programação, que vai até o dia 30. As atividades serão na Casa de Jorge Amado, no Museu da Capitania e na Praça Pedro Mattos.

Ela inclui palestras, webnários, shows musicais, exposição, peças de teatro, capoeira e contação de histórias. Segundo a Secult, o objetivo é mostrar ao público a importância do escritor para a construção da cultura, história e acervo literário de Ilhéus.

“Jorge não foi apenas um escritor, ele deu vida às ruas, praias, construções e aos personagens ilheenses, contribuindo para que a nossa cidade se tornasse conhecida não apenas no Brasil, mas em todo o mundo”, ressalta o prefeito Mário Alexandre.

Jorge Leal Amado de Faria nasceu em 1912, em Ferradas, Itabuna. Em janeiro de 1914 mudou-se com a família para Ilhéus. Aos 11 anos foi estudar em Salvador, onde aprendeu o gosto pela leitura com o padre Cabral. Aos 12 fugiu do internato e mudou-se para Sergipe, passando a morar com o avô.

Contudo seu pai mandou buscá-lo e, sem desejar voltar para a escola, Jorge foi plantar cacau. Após seis meses, soube da luta entre fazendeiros e exportadores de cacau, que iria marcar sua obra. Em Salvador, ingressou no Ginásio Ipiranga, onde fez o curso secundário.

Ainda com 14 anos, Jorge estreava seus primeiros poemas numa revista. Entre as suas principais obras, estão Capitães da Areia, Gabriela Cravo e Canela, Dona Flor e seus Dois Maridos e Tieta do Agreste. Além de escritor, Jorge foi deputado Federal e membro da Academia Brasileira de Letras.

No dia 27 de junho de 1997, a Câmara de Ilhéus conferiu o título de cidadão a Jorge. Para ele, Ilhéus era a terra da sua vida. “Poucas vezes me senti tão honrado em minha vida como me sinto agora. Aconteceram-me fatos diversos que levaram a mim e aos meus livros mundo afora. Eles significaram, antes de tudo, Ilhéus”, disse.

21:11  |  


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo. Pode ser via Bradesco, ag 0239, cc 62.947-2, em nome de A Região Editora Ltda, ou pelos botões abaixo para cartão e recorrentes.

     


morena fm