Mães querem volta ás aulas em Itabuna

Um grupo de mães formou o movimento Volta às Aulas Itabuna e já organiza uma carreata para esta sexta-feira, 7, às 15h30, com saída do Jardim do Ó e passagem pela avenida do Cinquentenário. O grupo tem se mobilizado pela modalidade híbrida (presenciais e online), seguindo regras e protocolos.

Membros do movimento se reuniram, na segunda-feira, 3, com as secretárias de Educação, Janaína Araújo; de Saúde, Lívia Mendes; e da Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara; além do vereador Israel Cardoso, representantes do SIMPI e do Conselho Municipal de Educação.

Padre Tony, representando os pais de alunos da rede pública, deu um depoimento sobre a importância do retorno das escolas. O movimento explicou seu ponto de vista, abordando os prejuízos sociais, psicológicos e as perdas irreparáveis que a falta de socialização causa a uma criança.

Um destaque é o papel da escola como agente acolhedor de crianças em estado de vulnerabilidade e o quanto estas crianças estão ainda mais expostas à violência sexual, física e psicológica, ao tráfico de drogas e a todas as mazelas que envolvem as comunidades.

A médica Caroline Barreto, que também faz parte do movimento, levou dados sobre os índices baixíssimos de contágio e transmissão a partir de crianças. Danielle Rocha argumentou que todos os estabelecimentos estão funcionando normalmente, com exceção das escolas.

“As escolas foram as primeiras a fechar e serão as últimas a reabrir?” questionou Danielle. O movimento deixa claro que não concordam com a contrapartida de abrir as escolas apenas com a vacinação das duas doses da vacina para os professores. “Acreditamos que é um contra-senso essa exigência".

O movimento conta com o apoio das escolas Divina Infância, Elefante Brilhante, Estação Criança, Monteiro, Catavento, João e Maria, Sonho de Criança, Escola Mosaico, Escola Lua Nova, Escola Sonho de Criança, Escola Natureza Viva, Escola Degraus do Saber, Escola Passo a Passo e Escola Saber Viver.

17:33  |  


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.