Pegou Covid antes da segunda vacina

Uma enfermeira de Salvador, que foi uma das primeiras pessoas vacinadas contra a Covid no Brasil, foi internada nesta terça-feira com sintomas de complicações causadas pelo virus. Ela contraiu a doença pouco tempo antes de receber a segunda dose da vacina, que garante a imunidade.

Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, recebeu a primeira dose da CoronaVac em 19 de janeiro, mas acabou infectada três dias antes da segunda aplicação, marcada para 16 de fevereiro. A infectologista Ceuci Nunes, diretora do Hospital Couto Maia, afirma que o caso não é excepcional.

Isso porque as vacinas só oferecem proteção completa cerca de 20 dias após a segunda dose. Maria Angélica estava com mal-estar e febre três dias antes da segunda dose, e foi internada para ser garantir oxigênio, porque também estava com falta de ar.

Ceuci conta que a paciente está estável e o caso não é de reação à vacina. Ela ainda não estava protegida porque só a primeira dose não protege. Além disso, as vacinas tem comprovação de prevenir casos graves de covid-19, mas ainda não há certeza sobre manifestações mais leves da doença.

18:58  |  


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.