Ford Bahia tinha recebido novas máquinas

Os analistas do setor automotivo e jornalistas da área já contavam com a possibilidade do fechamento da fábrica da Ford ba Bahia, pelo reposicionamento mundial da marca e seu fracasso de vendas nos últimos 5 anos. A maior surpresa ficou para os trabalhadores da unidade.

Eles relatam que ela recebeu, recentemente, novas máquinas e robôs, deixando a impressão de investimentos para este ano. Porém, depois de receber um dia de folga, os empregados não encontraram mais o novo equipamento ao voltar para a fábrica. Tinham sido retirados.

O fechamento da fábrica em Camaçari continua gerando reações na Bahia. O Governo do Estado estima em R$ 5 bilhões a perda em impostos e em 2% a queda do PIB, considerando todas as empresas ligadas ao empreendimento, como fornecedores de peças e serviços.

A SEI revela que o setor automotivo vinha perdendo participação na economia baiana na década passada, saindo de 0,6% em 2011 para 0,3% em 2019. Os sindicatos avaliam que 6 mil empregos, diretos e indiretos, serão perdidos e fizeram um protesto na porta da Prefeitura.

O prefeito Antônio Elinaldo (DEM) afirma que está trabalhando para reduzir o impacto econômico e o Estado afirma que procura um substituto para a Ford, mas admite que não há solução de curto prazo. Alguns deputados propõem desaprorpiar a fábrica, outros entrar na Justiça contra a empresa.

20:42  |  


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.