a regiao
booked.net
malha fina

10.Abril.2021

Um elogio demolidor...

O ditador da Bahia, Rui Costa, queria elogiar, mas acabou levantando mais suspeitas. Ele elogiou o ex-secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, pela "negociação" que fez com empresas chinesas para a compra do VLT de Salvador. Acontece que Dauster é suspeito em outra "negociação".

Vale a pena ver de novo?

A dona da empresa de maconha onde Rui Costa resolveu comprar respiradores denunciou que Dauster pediu para superfaturar o preço e pagar propina a um amigo. O que todo mundo se pergunta agora é se Dauster também pediu propina aos chineses... Ah, e se Rui teve cota.

Tapa na cara

O deputado Sandro Régis "enquadrou" o senador Coroné Ângelo depois de ele ter dito que ACM Neto "está mal nas pesquisas". Régis foi na veia: "o senador, como presidente da CPMI das Fake News, deveria dar o exemplo e não divulgar notícias falsas". Podia ter dormido sem essa.

Marão, o exterminador do passado

abandono O morador Zé Carlos Junior mostrou nas redes sociais o tamanho do descaso do prefeito Marão para com a cultura e a história de Ilhéus. O prédio da Biblioteca Municipal Adonias Filho, construído em 1915 e patrimônio importante, está parecendo um cortiço de favela.

Descaso e abandono

Restaurado pela última vez no governo de Jabes Ribeiro, o prédio foi abandonado no primeiro mandato de Marão e hoje é tomado por mofo, rachaduras, pintura descascada, problemas elétricos e hidráulicos e muito mato. A área externa parece cenário de Walking Dead.

Vem chumbo grosso aí

Muita gente passou a dormir mal depois que a desembargadora Maria do Socorro Santiago voltou a falar em fazer uma delação premiada sobre a venda de sentenças na "feira-livre" do Tribunal de Justiça da Bahia. Presa desde 2019, ela não aguenta mais o cárcere.

PF vai fazer piseiro aqui

Se Maria do Socorro resolver falar tudo mesmo, vai sobrar algemas e celas para muita gente do sul da Bahia, incluindo certo ex-prefeito que comprou decisão para viabilizar sua candidatura, entre outras que encheram seu carrinho de compras durante muitos anos.

Refeição engasgada

Na quinta-feira, em jantar discreto num restaurante famoso de Salvador, quatro amigos que buscam um nome de consenso que salve a parceria de PT, PSD e PP engasgaram num tempero que pode dar mais confusão: a candidatura ao Senado para a vaga de Otto Alencar.

Combinação complicada

Se os partidos aceitarem o secretário-geral do PP, Jabes Ribeiro, para governador como sacrifício para perder de ACM Neto, como ficam os outros? Otto é senador e deve querer a reeleição, mas dificilmente Leão aceitará ser vice de novo, com previsão de derrota.

Não consideram Rui

Se João Leão for o candidato ao Senado, o que fazer com Otto Alencar, cujo partido tem a maioria das prefeituras no estado? Voce deve estar se perguntando sobre o petista Rui Costa, mas ele não está nas preocupações desse grupo que conspira nos bastidores.

Um jogo de xadrez

A análise deles é de que o PT virou nanico, com meras 31 prefeituras. Além disso, já ter um Senador, Jaques Wagner. Aliás, o mesmo argumento é usado para defender Leão para o Senado, pois o PSD tem Coroné Ângelo na Casa. A saída para Rui Costa seria tentar a Câmara.

O sonho sonhado

No sonho desse grupo, Jabes sai para governador no sacrifício, Leão vence para o Senado, que teria um senador de cada partido da trinca. Otto e Rui aceitam sair para deputado federal e a vice de Jabes seria entregue a um aliado qualquer, como PSB ou PCdoB. Falta combinar com os russos...

Melhor ficar calado

O desaparecido Capetão Azêdo resolveu levantar da tumba para falar bobagem. Disse que o sul da Bahia só tem um representante na Assembleia Legislativa, Rosemberg, que é de... Itororó. Só para desenhar, fica no sudoeste. E ele ignora Pedro Tavares, com família e atuação em Ilhéus.

Nem na pandemia pagam

O ditador da Bahia, Rui Chavez (PT), terceirizou a Saúde para se livrar das responsabilidades e faz vista grossa se as contratadas não cumprem. Em plena pandemia, o Hospital Regional Costa do Cacau até hoje não pagou a quinzena vencida em 15 de março nem a insalubridade.

Milícia contra os pais

abuso ambiental A "milícia ambiental" parece ter surtado no sul da Bahia. Em Canavieiras, abordaram um pai de família, desempregado desde o ano passaso, que conseguiu pescar 3 peixes para alimentar a família. Já chegaram com armas na mão, como se ele fosse um chefe do tráfico.

Pedido meio suspeito

As "otoridades" queriam obrigar ele a ficar só de cueca. O que isso tem a ver, ninguém sabe. Vai ver os agentes eram gays... Apreenderam os peixes, deixaram a família sem comida e mandaram ele ir ao ICMbio para ser multado. Gozado que barcos de arrasto seguem pescando...

Reserva sem vida

Os abusos da milícia ambiental do ICMBio começaram lá atrás, quando Canavieiras inteira foi decretada uma Resex no governo Lula. Significa, na prática, que ninguém pode pescar nem pegar mariscos sem "autorização" numa cidade que sempre viveu e se sustentou com eles...

Insônia no Paranaguá

A possibilidade do ex-prefeito Jabes Ribeiro ser o candidato de consenso a governador pela base aliada tem deixado muita gente sem sono em Ilhéus. O pessoal de Marão, por exemplo, teme que o projeto de eleger "mainha" de novo naufrague se Otto não for o escolhido.

Efeito dominó para estadual

Outros temem que a ampla exposição de Jabes na campanha alavanque as candidaturas a deputado estadual do PP e do PCdoB do cunhado Davidson, enterrando as chances de mainha Ângela pelo PSD. As chances de Cacá, por exemplo, aumentariam bastante.

Bahia pagando jabá

Quanto a Bahia está pagando pelos jabás de Rui Costa em veículos como a Band? Ele deu uma entrevista jornalisticamente constrangedora, sem ser perguntado sobre nada relevante, na terça. Falou o que quis, em perguntas claramente combinadas e muito bem pagas.

Chapa branquíssima

Em nenhum momento se perguntou dos respiradores comprados em loja de maconha, sobre o ex-secretárioa de Segurança que vendia serviço para bandidos, sobre o ex-chefe da Casa Civil que pedia propinas, ou a falta de investigação da execução do PM Wesley.

Seria ele "genocida"?

Rui não precisou explicar por que fechou o hospital de campanha em novembro, por que não fez testagem em massa, por que proíbe os doentes de Covid de ser tratados (e salvos) ou o que fez com os bilhões enviados por Bolsonaro. Nem explicou as 16 mil mortes.

Catarata de Marão piorou

A prefeitura de Ilhéus soltou uma nota dizendo que as internações de UTI tem ficado estável "graças às medidas de restrição". Difícil. No ano passado, meses de restrição não mudaram nada. E a prefeitura ignora a vacinação de mais de 10% da população feita por ela mesma.

Mortes já são quase 400

Também jogou embaixo do tapete um dado importante: as mortes por Covid aumentaram durante este mês de restrição. A tentativa de agradar o ditador da Bahia atribuindo um "sucesso" virtual às medidas ditatoriais não muda nem alivia o luto de quase 400 famlias.

Medidas são um fracasso

O mesmo se aplica ao resto do estado. Depois de um mês de lockdown nos fins de semana e toque de recolher todo dia, as mortes na Bahia saíram de 67 para 125 por dia. Tembém foi inútil a medida sem sentido de proibir a venda de bebidas alcoolicas. A Bahia está de ressaca.

Daqui a pouco, zera

O ditador da Bahia, Rui Chavez (PT) ficou reclamando da falta de vacinas mas só aplicou pouco mais da metade das que recebeu. E agora parece que resolveu retaliar quem pede mais. A Sesab mandou para Itabuna 5.700 doses, depois baixou para 2.600 e agora só mandou 1.500.


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.

     


morena fm 98