a regiao
booked.net
30.Março.2021

Itabuna passa Ilhéus na criação de novos empregos

comercio itabuna


pela primeira vez em alguns anos, quando vinha registrando desemprenho inferior. Em fevereiro, a cidade criou 132 novas vagas, resultado melhor que os 52 de janeiro. O destaque foi o comércio, com saldo positivo de 67 postos de trabalho. O levantamento é do Jornal das Sete, da rádio Morena FM.

Depois vieram serviços com 54 e construção com 41. Os setores negativos foram a indústria, perdendo 17 emrpegos, e a agropecuária, eliminando 13 vagas. A maioria dos novos postos de trabalho foram para pessoas com ensino médio completo e idade entre 18 e 24 anos.

Já Ilhéus teve um desempenho pior do que em janeiro, abrindo 121 vagas em fevereiro contra 211 no mẽs anterior. O destaque foi o setor de serviços, criando 64 empregos. Depois vieram o comércio com 57, a indústria com 10 e a agropecuária com um novo postod e trabalho. A construção eliminou 11.

A maioria das vagas foi para quem tinha ensino médio completo, entre 18 e 29 anos. Se por um lado melhora o mercado de trabalho para os jovens, que ainda é muito ruim na Bahia, por outro, dificulta a recolocação de pessoas mais experientes.

Bahia melhora

A Bahia teve um saldo de empregos em fevereiro de 18.993, melhor que os 14.288 criados em janeiro. No mês passado, o destaque ficou com o setor de serviços, abrindo 7.511 novas vagas, seguido da indústria com 4.276, o comércio com 3.871, a construção com 2.813 e a agropecuária com 522.

A maioria das vagas acabou nas mãos de pessoas com ensino médio completo e idade entre 18 e 24 anos. O mesmo aconteceu a nível nacional. Em fevereiro, o Brasil criou 401.639 postos de trabalho com carteira assinada, acumulando 659.780 no primeiro bimestre.

Este foi o melhor desempenho para o bimestre desde que o sistema foi criado, em 2010. O destaque foi o setor de serviços, que abriu 253.543 novas. Na sequência, aparecem a indústria com 185.209, a construção com 87.348, o comércio com 77.207 e a agricultura com 56.676.


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.

     


morena fm

a regiao
booked.net
27.Março.2021

Mortes caem em Itabuna e sobem na Bahia

cemiterio


na pandemia comparado com 2019, segundo o Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos dos Cartórios de Registro Civil, cruzados com os dados históricos do estudo Estatísticas do Registro Civil, do IBGE.

Na comparação com o período anterior à pandemia, março de 2019 a fevereiro de 2020, o aumento foi de 14,2% no número de falecimentos. Já o período de março de 2020 a fevereiro de 2021 totalizou 2.166 mortes, 1.203 a menos do que a média dos mesmos períodos desde 2003.

Em termos percentuais, significa uma diminuição de 35,7% em relação à média histórica. "É muito difícil para nós, registradores civis, termos que levantar esses dados. Mesmo com um número menor, ainda sim é elevado".

"Sabemos que não está fácil para as famílias, mas devemos à população esse histórico. O nosso trabalho está sendo árduo para que possamos manter a sociedade bem informada e a tomada de decisões possa ser feita da melhor forma", diz o presidente da Arpen/BA, Daniel de Oliveira Sampaio.

Na Bahia aumentou

Em contrapartida, o estado da Bahia fechou o "ano da pandemia" com um total de mais de 93 mil mortes, número recorde desde o início da série histórica. No País, o período de março de 2020 a fevereiro de 2021 totalizou 93.497 mortes, 17.515 a mais do que a média desde 2003.

Em termos percentuais, significa um crescimento de 23,05% de óbitos em relação à média histórica, que sempre esteve na casa de 1,88%, totalizando 21,1 pontos percentuais a mais no período. Na comparação com março de 2019 a fevereiro de 2020, o aumento foi de 4,9% no número de óbitos.

Mesmo com o agravamento da pandemia no último mês, fevereiro conseguiu registrar índices baixos, com 152 óbitos registrados pelos cartórios do Estado, 32 a menos do que a média para o período. O número foi ainda 21,2% maenor do que a média histórica desde 2003.

Na comparação com fevereiro de 2020, a diminuição foi de 0,3%. O número de óbitos registrados nos meses de 2021 ainda pode variar, assim como a média anual e do período, uma vez que os prazos para registro chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o registro.


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo.

     


morena fm